// Estar com Deus: Março 2010

quarta-feira, 31 de março de 2010

Mensagem de Páscoa

Pessoal, boa tarde.
Recebi hoje um lindo e-mail do Sr. Antonio Ribeiro de Castro, Fundador da ComDeus, Livraria que sou cliente e com ótimos produtos. o site para os interessados é: www.comdeus.org.br
Como eu estava pensando no que escrever para esta semana de Páscoa, então vou publicar o lindo texto que ele enviou.
Feliz Páscoa a todos.

Tríduo Pascal

Á partir de amanhã, quinta feira santa, celebramos o tríduo pascal onde se encontra os grandes mistérios da nossa fé - Ceia do Senhor; Sacrifício na Cruz e Vigília pascal. Estes fatos são as marcas mais profundas do amor de Deus por nós e que cabe a nós uma resposta a Deus em celebrarmos estes momentos com muita devoção e grande busca de espiritualidade numa Vicência mística, numa experiência profunda do Cristo em nossas vidas.
Viver os mistérios de Cristo é uma graça, é um presente, é um chamado. Isto mesmo é um chamado. O Senhor te chama a estar com ele nesta vivencia do mistério. Celebrar não é recordar de algo do passado, mas é um atualizar, um viver no hoje de nossa história, é um anamnese, “O mistério pascal de Cristo é celebrado, não é repetido; o que se repete são as celebrações; em cada uma delas sobrevém a efusão do espírito Santo que atualiza o único mistério”. (CEC 1104).
Busquemos ardentemente a efusão do espírito Santo nas celebrações do tríudo pascal é ele que nos leva a penetrar no mistério e viver a plenitude do amor de Deus em sua paixão, morte e ressurreição. E você é chamado (a) a viver este mistério, o Senhor te convocou, Ele deseja ardentemente comer esta Páscoa com você – “Disse-lhes: Tenho desejado ardentemente comer convosco esta Páscoa...”. (Lc 22,15). Este é o nosso grande convite não vamos rejeitá-lo ou participar como se fosse mais uma celebração em nossa igreja fruto dos costumes ou das tradições que cercam a nossa fé.
É uma oportunidade única de penetrar no mistério. Talvez o sentido de “penetrar no mistério” fique muito vago na nossa mente, mas para vivê-lo é só dar um passo, é só dizer como Maria “Faça-se em mim segundo a sua palavra” (lc 1,38). Não se esqueça – Ninguém vai a Deus é ele que nos chama – Cabe a nós dar uma resposta. E como em Maria o espírito Santo desceu sobre ela e fecundou o verbo de Deus em seu seio. Também em nós a partir de nosso sim, o Espírito de Deus desce sobre nós e realiza a obra da salvação nos levando as experiências espirituais – “Coisas que os olhos não viram, nem os ouvidos ouviram, nem o coração humano imaginou”. (Is 64,4);
Abra teu coração, tenha muita sede do novo de Deus em sua vida, não deixe a páscoa do Senhor passar pela sua vida como um simples rito, mas busque nas celebrações o caminho, estabelecido por Deus, para você penetrar no sagrado e tornar um verdadeiro adorador em espírito e verdade – “Mas vemaà hora, e já chegou , em que os verdadeiros adoradores hão de ora o Pai em espírito e verdade, e são esses adoradores que o Pai deseja”. (Jo 4,23) Vejam bem, as oportunidades é dado por Deus, ele está no timão da história e nada escapa a sua vontade, mas o aderir cabe a nós.
Deseje..., se entregue..., celebre..., experimente a vida ressuscitada em Deus, isto mesmo ressuscite em Cristo para uma vida nova. O Céu se abrira e sua vida Será transformada, tudo a sua volta será como antes, mas você será o novo diante de tudo que resta em sua volta, então tudo será novo.
Feliz páscoa.

segunda-feira, 29 de março de 2010

As luzes e as sombras na Sociedade e na Igreja.

Não vou me deter as máximas sobre os conceitos sombras e luz. Qualquer dúvida a respeito destes conceitos, peço a gentileza ao leitor, que entre em contato comigo.

De uma maneira geral, bem simples, luzes são encontradas nas pessoas de bom testemunho, pessoas que passaram por um processo de transformação, que mudaram suas vidas para melhor.

Nos dias atuais, nossa sociedade está com outros motivos, outras propostas, está ficando sem vida, está ficando mecanicamente atrelada a conceitos sem nexo, errôneos, está nas sombras.

Assim como na sociedade, possuímos também sombras nas Igrejas.

O Falso Testemunho da liderança e das pessoas que ali estão, os falsos ensinamentos e as Teologias infundadas, trazem em grande parte, um falso alívio e uma falsa cura.

É triste o fato de que milhares de pessoas têm sido enganadas por estas sombras.

A Igreja sabe que todos nós criaturas de Deus, estamos sujeitos ao pecado. Sendo assim, a Igreja está sempre vigilante e direcionada para procurar, achar, avaliar e tratar estas obscuridades, para que elas se transformem em luz.

A Igreja ensina que um simples olhar à glória de Deus, na face de Cristo, produz em nossos corações, um tremendo amor a Deus. Isto acontece porque a luz divina revela a excelente amabilidade da natureza de Deus.

Diante disto, é muito interessante, notarmos a transformação das pessoas através da igreja. Pessoas que estão nas sombras e que conseguem pela misericórdia de Deus, vislumbrar a Luz. Ser a Luz e passar a Luz.Esta transformação se dá através de uma palavra forte, muito carinho, testemunho de vida, e principalmente através de JESUS, que é luz divina para todos nós.

Transformar sombras em Luz é a nossa luta constante. Peço a Deus todo poderoso que nos abençoe e nos proteja, nos de discernimento e nos torne cada vez mais transformadores das sombras em luz.

sábado, 20 de março de 2010

O bem que faz a fraternidade

Uma vez recebi um e-mail que relatava um texto que achei muito interessante e que estou colocando agora aos leitores. O texto não tem autor, mas demonstra que as pessoas estão cada vez mais querendo ser solidárias e que o espírito de fraternidade está ainda com todos aqueles que querem viver em paz e harmonia.  Vamos ler o texto.

"Conta uma lenda que Deus convidou um homem para conhecer o céu e o inferno.
Foram primeiro ao inferno. Ao abrirem uma porta, o homem viu uma sala em cujo centro havia um caldeirão de substanciosa sopa e à sua volta estavam sentadas pessoas famintas e desesperadas.

Cada uma delas segurava uma colher, porém de cabo muito comprido, que lhes possibilitava alcançar o caldeirão, mas não permitia que colocassem a sopa na própria boca.
Em seguida, Deus levou o homem para conhecer o céu.
Entraram em uma sala idêntica à primeira: havia o mesmo caldeirão, as pessoas em volta e as colheres de cabo comprido. 
A diferença é que todos estavam saciados.
Não havia fome, nem sofrimento.

- Eu não compreendo, disse o homem a Deus.
-  Por que aqui as pessoas estão felizes enquanto na outra sala morrem de aflição, se é tudo igual?  
- Deus sorriu e respondeu: Você não percebeu? É porque aqui, eles aprenderam a dar comidas uns aos outros.

O que podemos refletir neste texto.

Na primeira parte, existe muito individualismo e egoísmo. Se lermos atentamente a primeira parte, as pessoas no "inferno" estavam altamente preocupadas com a sua própria fome, impedindo que se pensasse em alternativas para equacionar a situação. Quantas vezes no nosso dia a dia queremos apenas resolver os nossos problemas, queremos apenas ser nós mesmos queremos ser líderes, queremos poder e o nosso senso de coletividade acaba indo para o espaço, não conseguimos viver em harmonia com os nossos colegas, família e amigos, pois estamos apenas pensando em nós mesmos.

Quantas vezes ouvimos, ou pior, falamos em alta voz: 

“O que vai acontecer se eu não tirar o primeiro lugar?”
 “Vou demitir toda a minha equipe! Eles estão contra mim e eu preciso crescer”.
“Meu colega está precisando de ajuda, mas se eu o ajudar, vou perder a vaga de gerente, pois ele é melhor!”

Vejamos quando o homem então chega ao céu, o que observamos?

Podemos ver que as pessoas que estavam no Céu, tinham criatividade, coletividade e principalmente entendiam o que é fraternidade. Como todos estavam querendo se safar da situação caótica que se encontravam, então tiveram a iniciativa de buscar alternativas que pudessem resolver o problema de forma coletiva, onde todos pudessem sobreviver e viver em harmonia. Nota-se ali que por conseqüência, havia se formado então uma equipe. Com espírito solidário e ajuda mútua, logo, a situação foi rapidamente resolvida.

O que podemos concluir?

Jesus veio ao mundo e pregou que devemos ser fraternos, devemos amar o próximo como a nós mesmos.
Dificilmente o individualismo consegue transpor barreiras.
O espírito de equipe é essencial para o alcance do sucesso.
Uma equipe participativa, homogênea, coesa, vale mais do que um batalhão de pessoas com posicionamentos isolados.

Devemos ser fraternos em todos os momentos de nossa vida, Isso vale para qualquer área de sua vida, especialmente a profissional.

E, lembre sempre:

A alegria faz bem à saúde; estar sempre triste é morrer aos poucos.

Em breve ire postar um estudo de um documento escrito pelo Pe. Joel Portella Amado, muito interessante.

sexta-feira, 19 de março de 2010

Primeiro Post! - O Início deste Blog

A paz do Senhor Jesus para todos.


É com imensa alegria e com todo o agradecimento a Deus que hoje publico e inauguro este Blog.

Uma idéia que me incomodava há muito tempo. Sempre achei que precisava começar a publicar e espalhar a palavra de Deus para todos.

Jesus, veio ao mundo para trazer a boa nova, para falar e ensinar ao povo. Para mostrar o caminho para se chegar novamente a nossa comunhão com Deus. O caminho para uma vida boa, uma vida em abundância.

Jesus veio ao mundo para proclamar a Boa Nova. Ele proclamou o evangelho a todos e realizou grandes maravilhas nesta terra. Com a sua morte, através de seu sangue, conseguimos a redenção e a salvação eterna, na glória de Deus, nosso único Senhor e criador.

Jesus em vida deixa bem claro aos seus discípulos que os seus ensinamentos não podem parar depois de sua morte. Um texto clássico está no Evangelho de Marcos, Capítulo 16 Verso 15 ao qual está escrito: “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.”

Neste contexto, aqui vocês poderão encontrar ou acompanhar: textos, artigos, estudos, teses, diversos autores que estudaram e ainda estudam a palavra de Deus. Matérias sobre Teologia, Filosofia, História, para que possamos talvez, achar conforto ou solução para aquilo que queremos que seja solucionado ou respondido.

Neste âmbito, sei que você pode contribuir muito com este blog, e claro aceitarei todas as dúvidas comentários e sugestões que possam sem bem vindas e engrandecer cada vez mais a palavra de Deus.

Meu único foco e meta é divulgar a palavra de Deus a todos.

Em breve publicarei um pouco de minha vida e experiência com Deus.

Que o senhor esteja convosco.
//