// Estar com Deus: Dezembro 2011

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

A QUESTÃO OU PROBLEMA FUNDAMENTAL DA FILOSOFIA


Todos nós perguntamos já o que acontecerá depois da morte, de onde vem o mundo, como apareceu a terra. É-nos difícil admitir que tenha sempre existido qualquer coisa. Há tendências para admitir que em dada altura nada existia e por essa razão se torna mais fácil crer no que diz a religião: "O espírito pairava nas trevas... quando apareceu a matéria". Do mesmo modo pergunta-se onde estão os nossos pensamentos, levantando-se assim o problema das relações entre o espírito e a matéria, entre o cérebro e o pensamento. Existem alias muitas outras maneiras de por a questão. Por exemplo, quais as relações que existem entre a vontade e o poder? Vontade significa, aqui, espirito, pensamento; poder significa o que é possível, o ser, a matéria. Encontraremos, também, frequentes vezes a questão das relações entre a "consciência social" e a "existência social".
A questão fundamental a filosofia apresenta-se portanto sob diferentes aspectos e vê-se como é importante saber reconhecer sempre a maneira por que se põe o problema das relações entre a matéria e o espírito, pois sabemos não haver senão duas respostas a esta pergunta:
1 - Uma resposta cientifica.
2 - Uma resposta não cientifica. *

*F. ENGELS: "Ludwig Feuerback e o fim da filosofia clássica alemã".

Fonte do Texto: POLITZER, Georges. Curso de Filosofia: Princípios fundamentais. Editora Andes, 3° edição, p. 26, 286p.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Faça o Bem a Você Mesmo

É curta demais esta vida terrena para voce se dar o luxo de perder um minuto sequer em intrigas, maledicências e malquerências.
Quanto lucraria se evitasse, no dia-a-dia, esse veneno que aos poucos vais destruindo a sua felicidade...
Enquanto voce pensa, fala e faz o que é mau, antes de prejudicar à sua vida, está envenenando a si mesmo na digestão desse amargor que lhe fica no coração.
O mal que desejamos aos outros permanecem dentro de nós em forma de perigoso retorno.

Senhor, Do Livro Àgape do Padre Marcelo Rossi, editora Globo

Senhor,
Tu és o Bom Pastor.
Eu sou a tua ovelha.
Em alguns dias, estou sujo;
Em outros, estou doente.
Em alguns dias, me escondo;
Em outros, me revelo.
Sou uma ovelha ora mansa, ora agitada.
Sou uma ovelha ora perdida, ora reconhecida.
Eu sou Tua ovelha, Senhor.
Eu conheço a tua voz.
É que às vezes a surdez toma conta de mim.
Eu sou Tua ovelha, Senhor.
Não permita que eu me perca,
que me desvie do Teu rebanho.
Mas se eu me perder, eu Te peço Senhor,
Vem me encontrar.
Amém.

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

2012, UM NOVO ANO, UM NOVO COMEÇO, UM NOVO PENSAR PARA TODOS.

2012 se aproxima. Novas perspectivas, novas possibilidades, novos problemas, enfim mais um ano que todos nós iremos passar. 
O Velho se foi e agora tudo se faz novo, envelhecemos, nos tornamos mais experientes passamos a ver tudo com uma nova visão. A cada ano que passa em nossas vidas, vemos as coisas diferentes, agimos diferentes, e queremos sempre crescer de maneira diferente.
Porém não vamos nos esquecer de Duas coisas bem básicas que nos auxiliam neste crescimento:
"Creia em DEUS e trabalhar nos Enobrece".
No que se refere o primeiro assunto, creia firmemente em DEUS. Quando voce contemplar uma flor a desabrochar - creia em DEUS.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Reflexão: Natal do Senhor


“Rompei todas em brados de alegria”, “O teu Deus é Rei”. Neste dia de Natal a Igreja nos convida a refletir na pessoa do “Verbo que se fez carne”. É Deus que se rebaixa e assume nossa natureza humana para Salvar toda a humanidade a partir de nós, como nos diz Santo Agostinho: “Deus criou tudo sem nós, mas não quis nos salvar sem nós”. Assim o Verbo se encarna e conosco e a partir de nossa humanidade nos resgata da perdição eterna. Por isso temos que romper em brados de alegria, fomos achados dignos, pela misericórdia de Deus, de sermos resgatados de nossa negligência que levou toda a humanidade a morte eterna. Assim somos convidados a reconhecer e meditar sobre essa grande ação divina de provocou nossa salvação pela encarnação do Verbo.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Para meditarmos

O dia mais belo? Hoje.
A coisa mais fácil? Equivocar-se.
O Obstáculo maior? O medo.
O erro maior? Abandonar-se.
A raiz de todos os males? O egoísmo.
A distração mais bela? O trabalho.
A pior derrota? O desalento.
Os melhores professores? As crianças.
A primeira necessidade? Comunicar-se.
O que mais faz feliz? Ser útil aos demais.
O mistério maior? A morte.
O pior defeito? A mau Humor.
A coisa mais perigosa? A mentira.
O Sentimento pior? O rancor.
O presente mais belo? O perdão.
O mais imprescindível? O lar.
A estrada mais rápida? O caminho correto.
A sensação mais grata? A paz Interior.
O resguardo mais eficaz? O sorriso.
O melhor remédio? O Otimismo.
A maior satisfação? O dever cumprido.
A força mais potente do mundo? A fé.
As pessoas mais necessárias? O pais.
A coisa mais bela de todas? O amor.

Madre Teresa de Calcutá. Mulher plena de Amor e cheia de poder!

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

NÃO JUREIS!!

"Igualmente ouviste o que foi dito aos antigos: Não jurarás falso, mas cumprirás para com o Senhor os teus juramentos. Eu, porém, vos digo, que absolutamente não jureis, nem pelo céu, porque é o trono de DEUS; nem pela terra, porque é assento de seus pés; nem por Jerusalém, porque é a cidade do grande rei.
Nem Jurarás pela tua cabeça, pois não podes fazer que um cabelo teu seja branco, ou negro;mas seja o vosso falar; Sim, Sim, Não, Não porque tudo o que passa disto é da procedência Maligna" (Mat., 5:33-37).


//